InícioEducaçãoProjeto de musicalização desenvolvido em CEIM contribui para desenvolvimento e formação de...

Projeto de musicalização desenvolvido em CEIM contribui para desenvolvimento e formação de bebês e crianças

O Centro de Educação Infantil Municipal (CEIM) Olírio Cesa, em Siderópolis, desenvolve um projeto de musicalização com bebês e crianças. A ideia foi colocada em prática este ano e consiste em fazer com que a criança compreenda que a música é uma forma de comunicação, uma
linguagem sensível ao ser humano, uma forma de adentrar, ser e estar no mundo, além de contribuir para seu desenvolvimento e formação.

O prefeito Franqui Salvaro, acompanhado do secretário de Educação Méricles Rossa estiveram no CEIM Olírio Cesa, visitando a instituição de ensino. “Nessas visitas aproveitamos para ver de perto como estão funcionando projetos como esses, que são desenvolvidos pelas nossas escolas, e nesse caso pelo CEIM. É todo um trabalho feito em equipe e isso nos deixa muito contentes, pelos resultados futuros que esses projetos trarão aos nossos alunos. Minha gratidão sempre a todos que contribuem para isso”, ressalta o prefeito Franqui Salvaro.

A acadêmica de Letras e professora auxiliar Maria Eduarda Bittencourt é quem está engajada no projeto, juntamente com a diretora Rita de Cássia Brignoli. “Eu iniciei aqui trabalhando como estagiária por ser da área da educação há alguns anos. Minha diretora, visando o bom desenvolvimento das nossas crianças, teve a ideia de fazer um projeto, no qual contemplará todos os campos de experiência”, conta Maria Eduarda, que toca alguns instrumentos.

“Sou envolvida com a música há algum tempo. Minha diretora sabendo disso, decidiu me chamar pra desenvolvermos essa ideia dela, e criarmos o projeto de musicalização. Estudamos bastante sobre o assunto e iniciamos o projeto com as nossas crianças há mais ou menos um mês”, afirma.

A diretora Rita de Cássia Brignoli explica que a música já era trabalhada pelos professores em algum momento, mas que ter uma professora auxiliar dedicada a esta função é muito importante. O projeto foi apresentado para a Secretaria de Educação do Município, e foi aceito. “É uma atividade extracurricular. Nossa intenção não é que o aluno aprenda a tocar um instrumento, mas que ele desenvolva outras linguagens através da música. Ter esse contato desde pequeno com a música é uma ferramenta muito importante para o seu aprendizado”, explica.

Maria Eduarda complementa que a música vai além, sendo capaz de contribuir positivamente na formação das crianças desde o ventre materno. “É comprovado cientificamente que o bebê que ouviu música de forma sequencial e harmoniosa antes de nascer, tem mais facilidade de receber alimentos, chora menos e dorme melhor. Tudo isso porque ele acaba criando um vínculo com a música, o que o faz sentir seguro num mundo que pra ele é novo. Durante o processo de crescimento, a música pode continuar contribuindo de diversas maneiras”, complementa. As atividades musicais, segundo ela,  são capazes de estimular e ajudar na coordenação motora, na percepção e no reconhecimento dos sons, na dicção, na imaginação, na sensibilidade, na memória, e em diversas outras áreas.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments