Polícia Militar se mobiliza para cobertura das eleições

0

9º batalhão atuará com 200 policiais no dia das eleições

O 9º Batalhão da Polícia Militar já está se mobilizando para fazer a cobertura e segurança nesta reta final do período de eleições municipais. O levantamento de informações e a inteligência já vem sendo cumpridos pela equipe policial desde o início do período eleitoral e, nesta segunda-feira, 9, inicia-se o encaminhamento do policiamento – sobretudo nos municípios menores.

Além de Criciúma, Nova Veneza, Forquilhinha, Treviso e Siderópolis também serão atendidos pelo 9º Batalhão. O oficial de Planejamento e Operações da PM, Major Matheus, segue reforçando as medidas de segurança e as proibições para o período do pleito.

“Existem as proibições de comícios e reuniões no próprio domingo da eleição. É bom evitar, nos locais de votação, aquela aglomeração de bandeiras e broches que caracteriza manifestação coletiva, isso em razão da legislação eleitoral mas também da pandemia de Covid-19. A orientação da PM é de que as pessoas votem e, depois, já saiam do local”, declarou.

Ações como compra e transporte de pessoas acabam se caracterizando como crimes eleitorais, rendendo penas de até seis anos de prisão. Candidatos que pagam gasolina para eleitores também acabam caindo na compra de voto. Em relação ao transporte de eleitores, não se enquadram aquelas simples caronas para vizinhos ou familiares, mas sim o transporte sistemático de idas e voltas para os locais de eleição.

“No dia das eleições, vamos trabalhar com cerca de 200 policiais. Principalmente nos locais de maior concentração de pessoas, como o Colegião e o João Frassetto, onde teremos o policiamento fixo. Nos locais menores trabalharemos com o policiamento através de rondas e alguns policiais a paisana para reportarem os crimes eleitorais”, pontuou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui