Parceireria
HomePolíticaFranqui Salvaro elenca prioridades para Siderópolis

Franqui Salvaro elenca prioridades para Siderópolis

Prefeito eleito destacou pontos como saúde, educação e geração de empregos como os mais importantes no governo

Thiago Oliveira/Tiago Monte

Siderópolis

A partir do dia 1º de janeiro, Siderópolis terá um novo governo. Na eleição mais disputada do Sul do Estado, Franqui Salvaro (PSDB) venceu com uma diferença de apenas 16 votos. Foram 3.924 sufrágios, o que representa 45,20%. E a promessa para a gestão é de trabalho duro.

No plano de governo encaminhado ao Tribunal Superior Eleitoral, Salvaro destaca 55 ações, divididas em 11 tópicos: saúde; emprego, trabalho e renda (desenvolvimento econômico); educação; infraestrutura; assistência social; segurança; agricultura e fundação do meio ambiente; habitação; administração e finanças; esporte, turismo e cultura; e políticas de atenção aos animais.

Segundo o prefeito eleito, são três as prioridades para o novo governo: educação, saúde e geração de empregos. “Sempre comentamos na nossa campanha, que educação e saúde sempre serão prioridade de qualquer gestor. E aqui não vai ser diferente. Na saúde, tínhamos muitas reclamações. Então temos que atacar na saúde, arrumar a casa. Na educação, não sabemos, com a pandemia se vão iniciar as aulas ou não. Virou essa incógnita novamente. Mas vamos trabalhar muito nesta área”, destaca.

Parque industrial

Para Salvaro, a parte econômica do município passa diretamente pela criação de um parque industrial. “A nossa bandeira sempre foi a criação de um parque industrial. Geração de emprego e renda. Eu acho que desde o nosso primeiro dia de governo, nós vamos batalhar e ir atrás de terrenos, ver o que podemos fazer para garantir a geração de emprego e renda. Estamos atrás de terrenos. O nosso pensamento é comprar terrenos e fazer uma doação às empresas. Pequenas, médias e atrair alguma empresa de um porte maior para o município”, adianta.

O prefeito eleito conta que inclusive, já há um mapeamento de possíveis terrenos para a aquisição. “Nós temos na Vila São Jorge, na ida para o Jordão, e na própria Fiorita. Temos terrenos em três localidades que vamos mexer, vemos o que pode fazer, para em um desses lugares, fazermos esse parque”, conta.

Transição tranquila

Quando há uma mudança de governo, muitas vezes há uma certa resistência durante a transição. Mas segundo Salvaro, as conversas entre ele e o prefeito Hélio Cesa, o Alemão (MDB), que deixa o cargo após oito anos, têm sido muito tranquilas. “Já tínhamos conversado com eles, mas fomos com a nossa equipe de transição. Ele deixou tudo bem aberto. eke disse, Librou para passar nas secretarias e conversar com o pessoal. Foi bem solicito, bem tranquilo, vai liberar tudo sem problema nenhum e se colocou à disposição de ajudar mesmo”, afirma o prefeito eleito.

“Estamos passando nas secretarias, vendo as condições. Ver como está. O prefeito Alemão deixou as secretarias de portas abertas para vermos as condições, funcionários, convênios, licitações, para dar uma sequência, para não interromper”, destaca.

E assim que assumir o Executivo, Salvaro, que segue como vereador até o fim do ano, promete arregaçar as mangas. “A primeira ação é trabalhar e viver o município. Eu costumo acompanhar muito e a gente se espelhou muito no Clésio Salvaro (prefeito de Criciúma), que é trabalhar e ter amplo pelo teu município, tua cidade. Então, a partir de 1º de janeiro, vamos trabalhar o município”, completa.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments