Em Siderópolis oportunidade para realizar a testagem rápida para diagnosticar a Covid-19

0
Neste sábado, dia 19, os moradores de Siderópolis, maiores de 10 anos, terão mais uma oportunidade para realizar a testagem rápida para diagnosticar a Covid-19. A ação será realizada das 8h30min às 16h30min, na Praça da Igreja Matriz.
Para realizar o teste rápido, de forma gratuita, basta o morador apresentar o comprovante de residência e o Cartão do SUS ou CPF. Os interessados em realizar o teste não podem estar apresentando os sintomas da Covid-19.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os principais sintomas são: febre, tosse e dificuldade para respirar. Alguns pacientes ainda podem apresentar: dores no corpo, coriza, congestão nasal, dor de garganta, diarreia, perda de olfato ou paladar. dor de cabeça, dor de garganta, febre, tosse, falta de ar ou dificuldade de respirar, perda do olfato ou paladar.
Os moradores com sintomas da doença devem procurar o Centro de Triagem, na antiga sede da Apae, na Rua Diomício Freitas, em frente ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras), na região central da cidade. A estrutura funciona de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 12 horas e das 13 horas às 17 horas. Fora do horário de funcionamento, o paciente poderá buscar atendimento no Pronto Atendimento 24 Horas, Hugo Stopazzolli.
Nesta sexta-feira (18), 478 moradores de Siderópolis realizaram o teste rápido para diagnosticar a Covid-19 na ação promovida pela Secretaria Municipal de Saúde. A testagem foi realizada em uma tenda montada na Praça da Igreja Matriz – Paróquia Nossa Senhora Aparecida – no Centro, das 8h30min às 16h30min.
Dos 478 testes realizados, 461 tiveram o resultado negativo e 17 foram positivos. Desses 17, apenas três moradores apresentaram o IgM, infecção ativa. Os outros 14 apontaram IgG, que tiveram a infecção e estão curados, não apresentam mais os sintomas ou transmitem o vírus.
“A ação tem como objetivo verificar de uma forma mais abrangente o número de casos de Covid-19 em Siderópolis. Os três moradores com o vírus ativo foram avaliados pela equipe de saúde e orientados sobre os cuidados a serem tomados e o isolamento”, informa a coordenadora da Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Siderópolis, Aline Brogni Vieira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui