Parceireria
HomeGeralConhecendo a "Barragem do Rio São Bento", em Siderópolis SC

Conhecendo a “Barragem do Rio São Bento”, em Siderópolis SC

Barragem do Rio São Bento Principal atrativo turístico de Siderópolis e maior reservatório de água da região Sul de Santa Catarina. Com um lago artificial de 450 hectares (equivalente a quase 500 campos de futebol), tem ao fundo o belíssimo cenário da Serra Geral, protegido pela Reserva Biológica Estadual do Aguaí. O acesso ao reservatório tem uma área aberta ao público, de onde se pode apreciar de perto o vertedouro e todo cenário de entorno. O segundo acesso é restrito a funcionários ou para visitas agendadas com finalidade técnico/educativa. Como mais um atrativo, a torre da Capela de São Pedro foi mantida como memória do local onde a comunidade de mesmo nome se desenvolveu e construiu sua história até ser inundada pelo reservatório. Toda a comunidade foi transferida para um local próximo da Barragem. As famílias que ocupavam as áreas inundadas foram indenizadas, para que a barragem pudesse ser concluída.

Torre de Monitoramento: A CASAN construiu uma torre de vigia, às margens da barragem, com a finalidade de monitoramento e segurança, além de proporcionar um ponto de observação para os visitantes. Com uma estrutura metálica de 24,45 metros de altura, com escada helicoidal, placa de identificação e plataforma coberta.

Eventos no entorno e na Barragem: Festival da Montanha História: Em 1982, foi concluído o relatório técnico preliminar dos recursos hídricos disponíveis. No ano seguinte, foi elaborado o anteprojeto da barragem. Somente em 1989 o projeto básico de engenharia ficou pronto e a partir de 1999, com o recebimento da Licença Ambiental Prévia, a obra foi iniciada. Mas, seu início efetivo ocorreu em 2001. Finalmente, em julho de 2005 a FATMA liberou a Licença Ambiental de Operação (LAO) para a conclusão dos trabalhos.

Dimensões – 58 milhões de metros cúbicos de água, uma área inundada de 450 hectares. Objetivos:
• Abastecimento de água urbano;
• Fornecimento de água para irrigação;
• Amortecimento de cheias;
• Reforço ao desenvolvimento turístico regional. Municípios Beneficiados: Siderópolis, Criciúma, Forquilhinha, Maracajá, Içara, Nova Veneza e Morro da Fumaça. População Beneficiada:
• Imediata: 300 mil habitantes;
• Final do Plano: 730 mil habitantes. Vazão média histórica do Rio São Bento no ponto da Barragem:
• 3.12 m³/s Lago de Acumulação:
• Nível d”água máximo normal – cota 157,5 metros (acima do nível do mar), com cerca de 50m de profundidade.
• Volume útil acumulado – 53.200.000 m³
• Volume Total – 53.200.000 m³
• Área inundada – 450 hectares

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments