Aurora Péterle realiza V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente 

0
Escola do Alto Rio Maina foi a primeira de Siderópolis a realizar a etapa local da conferência

 

A escola municipal Aurora Péterle, de Alto Rio Maina, Siderópolis, foi a primeira a realizar a etapa local da V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente. Com a presença dos estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, a escola debateu o tema ‘Vamos cuidar do Brasil cuidando das águas’, preconizado pelos ministérios da Educação e Meio Ambiente. Na discussão escolar foram montados grupos e definidas ações que constituirão o projeto que será defendido na conferência regional, já que não existe etapa municipal, apenas estadual e nacional. A defesa será feita por um estudante eleito como delegado. “Vamos trabalhar o tema e preparar o projeto, já sabendo que o que for definido deve ser implantado aqui na Aurora Péterle”, afirmou a professora coordenadora da conferência na escola, Sueli Solange Cifuentes.

Além da escola Aurora Péterle, ainda farão a conferência as escolas municipais Miguel Lazzarin e Jorge Bif. “É um tema bastante relevante e que sempre precisa ser trabalhado. Nossas escolas sempre deram exemplo quanto ao respeito e trabalho pelo Meio Ambiente e a conferência reforça todas nossas ações”, enfatizou a secretária municipal de Educação, Rosângela Rossa de Souza, ao lado da coordenadora Pedagógica da secretaria, Adiles Lima. A V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente tem como objetivo fortalecer a educação ambiental nos sistemas de ensino. A etapa regional acontecerá até 19 de abril, a estadual até o dia 9 de maio e a nacional entre os dias 15 e 19 de junho.

Doação de 60 mudas de plantas – A Fundação do Meio Ambiente de Siderópolis (Famsid) em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, fizeram a doação de 60 mudas de plantas para a escola Aurora Péterle durante a V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente. As mudas serão plantadas pelos alunos com orientação da fundação e da secretaria. “Fomos convidados para participar da conferência e queríamos fazer um trabalho educativo com os alunos. Além de orientá-los como deve ser feito o plantio, também vamos explicar quais os cuidados para manter as mudas”, destacou a presidente da fundação, Franciele Cândido juntamente com o responsável pela secretaria da Agricultura, Ronaldo Remor.

O prefeito Hélio Cesa parabenizou a iniciativa e parcerias das secretarias e mais uma vez destacou a importância dos cuidados com o meio ambiente. “Siderópolis tem um histórico negativo por causa do resultado da mineração a céu aberto. Nós criamos a fundação e damos suporte total para que as próximas gerações possam aproveitar ainda melhor as belezas de nosso município”, disse o prefeito Hélio Cesa, o Alemão.

Por Simone Costa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui