Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Treviso terá sistema de videomonitoramento

Uma das cidades mais tranqüilas da região deverá contar com um sistema de monitoramento em breve. Está em fase de licitação em Treviso o sistema de videomonitoramento comunitário onde prevê a instalação de 32 câmeras no município. O modelo escolhido é alternativo ao “Bem-Te-Vi”, da Polícia Militar, como já acontece em outras cidades da região.

Conforme o prefeito João Réus Rossi, a necessidade de câmeras de vigilância na cidade foi uma promessa de campanha, além do desenvolvimento da cidade. “Agora que temos acesso asfaltado, somos uma opção de caminho para a Serra, o fluxo de veículos vai aumentar, vai ajudar no desenvolvimento da cidade, mas claro que com o desenvolvimento, vem os elementos mal intencionados, por isso estamos nos precavendo quando o assunto é segurança”, comentou o prefeito.

O processo está em fase de licitação. O convênio com a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Criciúma disponibilizará 32 câmeras via rádio, um servidor, uma torre e uma central de monitoramento, que deverá ficar na prefeitura. “Será a própria prefeitura que cuidará do sistema, mas os órgãos de segurança poderão solicitar as imagens quando precisarem”, declarou Rossi. O valor do convênio é de R$ 200 mil reais que serão pagos pelo Governo do Estado e não há contrapartida da prefeitura.

Sobre o não uso do Sistema Bem-Te-Vi, que é o modelo oficial da Secretaria de Segurança Pública, que tem a vigilância da Polícia Militar, o prefeito afirma que não foi viável por uma questão técnica. “Como a cidade não tem a rede de fibra óptica, que é necessário no Bem-Te-Vi, o programa da Polícia Militar ficou inviável para nós”, salientou o prefeito. Ainda não há previsão de quando o sistema funcionará na cidade, mas os pontos já estão sendo definidos pelo poder executivo.

 

fonte: A Tribuna

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *