Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Siderópolis faz homenagem à sideropolitano doutor em Letras

Deonísio da Silva é professor e escritor brasileiro e voltou à cidade para palestrar no “Novembro Negro” e no “I Encontro Literário” realizado pelo Governo de Siderópolis

Nascido em Siderópolis, Deonísio da Silva é professor e escritor brasileiro. Doutor em Letras e integrante da Academia das Ciências de Lisboa. Deonísio voltou à cidade para palestrar no “Novembro Negro” e no “I Encontro Literário” realizado pelo Governo de Siderópolis, por meio da Secretaria Municipal de Educação e a Academia de Letras e Artes (Alasi). No encontro o prefeito de Siderópolis, Hélio Cesa, o Alemão, acompanhado de seu vice, Xande Feltrin, aproveitou para entregar uma placa de homenagem ao professor.

“Não poderíamos deixar passar em branco este dia em que Deonísio voltou à terra natal para prestigiar grandes eventos que realizamos. Ele merece todo nosso reconhecimento e apoio por levar o nome de nossa cidade e a honrá-la muito bem”, comentou Alemão.

Trajetória

Deonísio é autor de 35 livros e, dois de seus romances estão publicados em três países e seus contos em sete países. Semanalmente o autor é colunista de etimologia (estudo da origem e da evolução das palavras) na revista Caras. Trabalha também na rádio BandNews FM com o jornalista Ricardo Boechat e na revista Veja com Augusto Nunes.

Teve obras levadas ao teatro e à televisão, fez alguns roteiros de cinema e foi autor do longa-metragem Mesa de Bar, dirigido por João Uchôa Cavalcanti Netto. Deonísio também foi cronista do Estadão, do Jornal do Brasil, da revista Época e da TV Estácio.

Formação

Deonísio é doutor em Letras pela Universidade de São Paulo, integra a Academia das Ciências de Lisboa, a Academia Brasileira de Filologia, da qual é o vice-presidente atual, e da Academia Catarinense de Letras. Escritor e professor, Deonísio é autor de obras referenciais em romances e narrativas curtas e de livros de etimologia, assim como de ensaios literários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *