Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Secretaria de Saúde de Siderópolis fará pedágio educativo contra AIDS e dengue

As pessoas que passarem pela Avenida Municipal, a principal rua do centro de Siderópolis, serão abordadas com o pedágio educativo programado pelo Governo Municipal, por meio da Secretaria de Saúde. O objetivo é chamar atenção da população no Dia Mundial de Luta Contra a AIDS e, na mesma oportunidade, distribuir material educativo sobre o combate ao mosquito transmissor da dengue e outras doenças. O pedágio será feito nessa sexta-feira, 1, a partir das 9 horas e seguirá até o final do dia na Praça da Matriz. Além do material sobre dengue, a Vigilância Epidemiológica fará a entrega de um kit com lixeira para carro, preservativo, gel lubrificante e informações impressas.

Algumas informações sobre AIDS: Causada pelo HIV (vírus da imunodeficiência humana), a AIDS não costuma dar sintomas a não ser numa fase mais avançada da doença. Ela enfraquece o sistema imunológico do ser humano, deixando-o mais vulnerável a outras doenças e à contaminação por vários tipos de vírus. A pessoa contaminada pode demorar até dez anos para desenvolver algum sinal da doença. Isso significa que alguém aparentemente saudável pode estar contaminado e apto a transmitir o vírus. A única maneira segura de fazer o diagnóstico da infecção é pelo exame periódico de sangue.

Em estágio avançado, o doente costuma manifestar sintomas de outras doenças, causadas por vírus ou bactérias que se aproveitam da fragilidade do organismo para se manifestar. As doenças mais comuns são pneumonia, tuberculose e sarcomas de Kaposi. O vírus é transmitido por meio de fluidos do corpo humano, como esperma, secreções vaginais, sangue e leite materno. Portanto, as formas de transmissão do HIV de uma pessoa contaminada para outra são relação sexual sem proteção (vaginal, anal ou sexo oral), transfusão de sangue, uso compartilhado de seringas entre usuários de droga e a transmissão da mãe para o filho (o bebê pode ser contaminado durante a gestação, no parto ou pelo leite materno)

Comportamentos de risco – São considerados comportamentos de risco as ações que podem vir a resultar uma infecção pelo vírus HIV. Ter uma relação sexual (homo ou heterossexual) com pessoa infectada, sem o uso de preservativos. Compartilhar seringas e agulhas, principalmente no uso de drogas injetáveis. Transfusão de sangue contaminado pelo HIV. Reutilização de objetos cortantes com presença de sangue ou fluidos contaminados pelo HIV. Atualmente, a AIDS é considerada uma doença de perfil crônico. Ela não tem cura, mas tem tratamento, de maneira que uma pessoa com a doença pode viver com o vírus HIV por um longo período, sem apresentar nenhum sintoma. Quanto mais cedo a presença do vírus for detectada, mais eficiente poderá ser o tratamento.

Nessa batalha, cada um precisa fazer a sua parte: utilizar preservativo em todas as relações, realizar teste para HIV e aderir ao tratamento. Cuide-se e conte com a gente para conquistar uma melhor qualidade de vida, com ou sem AIDS. O teste rápido para HIV encontra-se disponível em todas as Unidades de Saúde do nosso município, é rápido, gratuito e sigiloso.

 

Informações adicionais:
(48) 9 9904-9752 – Renata De Lorenzi D´Agostin

Vigilância Epidemiológica
Secretaria de Saúde Siderópolis

Fonte Simone Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *