Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Saúde, Assistência Social e Afabess se unem para intensificar ações no mês do aleitamento materno em Siderópolis

O Governo de Siderópolis, representado pelas Secretarias de Saúde e Assistência Social, em parceria com a Associação Feminina De Assistência e Bem Estar Social (Afabess) vai intensificar as ações voltadas à conscientização das gestantes para a amamentação. No ‘Agosto Dourado’ as equipes se uniram para repassar informações a todas às gestantes que fazem pré-natal na rede pública de saúde de Siderópolis. “São ações conjuntas e necessárias que o município executa para as mães e para os bebês que irão nortear seu futuro”, destacou o prefeito Hélio Cesa, o Alemão. A secretária de Saúde, Gláucia Cesa Périco também enfatizou a importância da amamentação. “Ser mãe é planejar a vida inteira de um bebê em apenas nove meses e esse planejamento passa por encontros como esse e com informações fundamentais para uma infância feliz”, afirmou a secretária.
Esse foi o terceiro encontro do ano do Projeto Bem-Vindo à Vida do Governo Municipal de Siderópolis. A importância do aleitamento materno foi apresentada por uma nutricionista, que mostrou a importância da amamentação para a saúde do bebê. As gestantes também ouviram sobre técnicas de saúde bucal e conheceram a necessidade da amamentação na formação da arcada dentária. No final do encontro as futuras mamães receberam um kit maternidade e um kit higiene feito em parceria pelas secretarias e pela Afabess. “Nosso agosto dourado será voltado intensificação das ações de promoção, proteção e o apoio ao aleitamento materno”, destacou a coordenadora de Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Siderópolis, Aline Brogni.
Além de falar sobre saúde, o encontro também abordou o fortalecimento da ligação entre mãe e filho e sua influência até a vida adulta. “Na secretaria nos deparamos com muitos casos de problemas que poderiam ter sido evitados na infância ou até mesmo na gestação. Amamentar um filho, curtir o momento, deixar que o bebê sinta o cheiro da mãe, tudo isso cria um vínculo indissolúvel”, disse a secretária de Assistência Social de Siderópolis, Gladys Kestering.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *