Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Ronaldo Benedet vota a favor de Temer; Geovania e Boeira votam por investigação

Santa Catarina foi o terceiro Estado do Brasil a votar referente à denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva. A votação iniciou na noite desta quarta-feira, dia 2, na Câmara dos Deputados, em Brasília, e deverá se estender pelas próximas horas.

Todos os 16 deputados federais de Santa Catarina se fizeram presentes na sessão. Destes, sete votaram contrários ao arquivamento da denúncia, ou seja, votaram pela continuidade da investigação. Nove votaram a favor do presidente, ou seja, pelo arquivamento da denúncia.

Do Sul do Estado, os deputados federais Jorge Boeira (PP) e Geovania de Sá (PSDB) votaram contrários ao presidente, portanto, pela continuidade da investigação. Já Ronaldo Benedet (PMDB) votou a favor de Temer, portanto, pelo fim da denúncia.

Por se tratar do presidente da República, o STF só poderá avaliar se aceita ou não a denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, se ao menos 342 deputados votarem contra o arquivamento. A acusação de Janot tem como base a delação premiada dos executivos da holding J&F, controladora da JBS.

Confira como votaram os deputados catarinense por ordem alfabética.
Quem votou SIM, votou pela não continuidade da investigação. Os que votaram NÃO, votaram pelo não arquivamento e pela investigação ao presidente.
Carmen Zanotto (PPS) – NÃO
Celso Maldaner (PMDB) – SIM
Cesar Souza (PSD) – SIM
Décio Lima (PT) – NÃO
Esperidião Amin (PP) – NÃO
Geovania de Sá (PSDB) – NÃO
João Paulo Kleinübing (PSD) – SIM
João Rodrigues (PSD) – SIM
Jorge Boeira (PP) – NÃO
Jorginho Mello (PR) – NÃO
Marco Tebaldi (PSDB) – SIM
Mauro Mariani (PMDB) – SIM
Pedro Uczai (PT) – NÃO  
Rogério Peninha Mendonça (PMDB) – SIM
Ronaldo Benedet (PMDB) – SIM
Valdir Colatto (PMDB) – SIM

 

Fonte Engeplus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *