Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Projeto sobre Educação Positiva será desenvolvido com jovens de Siderópolis

A iniciativa trabalhará com a cultura da não-violência e o “empoderamento” de crianças e adolescentes 

A equipe técnica do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Siderópolis, com o apoio do Governo Municipal, vem se articulando para levar adiante o projeto de rodas de conversas sobre Educação Positiva, da Rede Não Bata, Eduque. Os trabalhos serão desenvolvidos com os grupos dos Serviços de Convivência do município e, posteriormente, expandidos para as instituições de ensino.

As rodas de conversas sobre políticas para a infância já acontecem no município desde 2015, sendo realizadas entre os setores públicos de atendimento às crianças – como Saúde, Educação, Assistência Social e os serviços de Garantia de Direito. Desta vez, os temas serão trabalhados com os próprios jovens.

O projeto tem como intenção uma abordagem, baseada em direitos e centrada na criança e no adolescente, para assegurar a participação significativa dos jovens, trabalhar e desenvolver as habilidades deles e os empoderar. “É um projeto desafiador, uma vez que irá trabalhar com a cultura da não-violência, promovendo a mudança efetiva na concepção ‘adultocêntrica’”, explicou a coordenadora do Cras no município, Gladys Kestering.  

Os adolescentes presentes na reunião de articulação do projeto também estiveram no 3º Seminário de Políticas Públicas para a Primeira Infância, realizado em março, em Forquilhinha. Eles participaram de capacitação sobre a cultura da não-violência (a Lei Menino Bernardo, sobre castigos físicos e psicológicos), juntamente com a Rede Não Bata, Eduque.

Rede Não Bata, Eduque

Rede Não Bata, Eduque é formada por instituições e pessoas físicas e atua como movimento social com o objetivo de fortalecer os direitos das crianças e erradicar os castigos físicos e humilhações. Atualmente, conta com aproximadamente 200 membros entre pessoas físicas, jurídicas e um grupo gestor, que é responsável por desenvolver e coordenar a implementação das estratégias e ações do movimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *