Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Projeto de revitalização do mirante é apresentado

Melhorias serão desenvolvidas por meio de parceria público-privada

Mais uma etapa do projeto para requalificar o mirante da Serra do Rio do Rastro foi concluída. Em reunião realizada nesta quinta-feira, em Bom Jardim da Serra, foi apresentado o anteprojeto de zoneamento físico-territorial e de usos da área a ser implantado em área próxima aos peraus da Serra.

A secretaria de Planejamento apresentou um novo mapeamento da fazenda Cambajuva, em Bom Jardim da Serra, onde fica localizado o mirante da Serra. O projeto prevê demarcação das zonas de preservação permanente, zona de uso limitado, zona de ocupação controlada e zona de ocupação futura. Além disso, foi apresentado o novo projeto arquitetônico para revitalização do ponto, contendo ampliação do espaço, arborização da praça, área coberta, espelho d’água, monumento, trilha e outros.

“Esta é uma das estradas mais lindas que eu já vi e deve ser uma das mais lindas do mundo. Santa Catarina tem um potencial turístico fantástico aqui e o Governo do Estado quer explorar e atrair ainda mais turistas para esta região que é uma verdadeira dádiva de Deus” comenta o secretário de Estado do Planejamento, Cassio Taniguchi.
O projeto será desenvolvido por meio de parceria público-privada e busca investidores para atrações no local, como por exemplo, a futura instalação de uma passarela de vidro, teleférico ou tirolesa. “Este equipamento e todo investimento aplicado aqui será o grande divisor de águas do turismo no mirante da Serra do Rio do Rastro”, acrescenta a secretária de Desenvolvimento Regional de São Joaquim, Solange Pagani. Para o secretário Regional de Criciúma, João Fabris, outras obras e investimentos também estão garantindo o turismo na Serra. Nesta semana, o Deinfra Sul e coordenadoria Regional da Defesa Civil entregaram ao Estado um estudo de melhorias nos locais que contém riscos de deslizamentos. “Inauguramos recentemente a SC–446, que liga Treviso à Lauro Müller, esta é uma nova rota para quem sobe a Serra do Rio do Rastro, diminui em até 12 quilômetros quem vem de Criciúma, por exemplo”, complementa Fabris. ( Colaboração: Paula Darós Darolt / Comunicação SDR Criciúma )

 

O projeto será desenvolvido por meio de parceria público-privada e busca investidores para atrações no local, como por exemplo, a futura instalação de uma passarela de vidro, teleférico ou tirolesa. “Este equipamento e todo investimento aplicado aqui será o grande divisor de águas do turismo no mirante da Serra do Rio do Rastro”, acrescenta a secretária de Desenvolvimento Regional de São Joaquim, Solange Pagani.

Para o secretário Regional de Criciúma, João Fabris, outras obras e investimentos também estão garantindo o turismo na Serra. Nesta semana, o Deinfra Sul e coordenadoria Regional da Defesa Civil entregaram ao Estado um estudo de melhorias nos locais que contém riscos de deslizamentos. “Inauguramos recentemente a SC–446, que liga Treviso à Lauro Müller, esta é uma nova rota para quem sobe a Serra do Rio do Rastro, diminui em até 12 quilômetros quem vem de Criciúma, por exemplo”, complementa Fabris.

( Colaboração: Paula Darós Darolt / Comunicação SDR Criciúma )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *