Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Projeto de Janete Trento nomeia ESF da Vila Rica

Projeto de Janete Trento nomeia ESF da Vila Rica

Projeto de Janete Trento nomeia ESF da Vila Rica

Projeto de Lei do Legislativo que denominou de Italina Nadir Perego Vicente, o ESF (Estratégia Saúde da Família) localizado na Vila Rica, área central de Siderópolis. Homenagem pela grande contribuição que Italina prestou à saúde do município.

Confira a história de Italina Nadir Perego Vicente

 

Projeto de Janete Trento nomeia ESF da Vila Rica

Projeto de Janete Trento nomeia ESF da Vila Rica

Italina Nadir Perego Vicente nasceu em 18 de março de 1960 na comunidade de Montanhão, no município de Siderópolis. Filha de Ilbe Perego e Jacomina Zuchinalli Perego, e teve ainda 2 irmãos: Arlei Antonio Perego e Volnei Luiz Perego que, com profunda admiração pela irmã, entregaram seus filhos para que ela batizasse. Casou aos 20 anos com José Tadeu Vicente, com quem teve uma única filha, Maryelli Regina Vicente. Ficou viúva aos 24 anos e aos 28 anos se casou com Dicson Pessi, permanecendo nesta união até o dia de seu falecimento. Foi avó aos 47 anos, de Rafaeli Vicente Dias.

Estudou na Escola Básica José do Patrocínio e na SATC, onde se formou no curso técnico em Desenho. Foi professora de Datilografia na Escola do Seu João Sargento.

Aos 18 anos prestou concurso para Atendente de Saúde. Quando se tornou funcionária do Estado de Santa Catarina, deu início a sua carreira na saúde no 3º CARS (Centro Administrativo Regional de Saúde), hoje 21ª GERSA (Gerência Regional de Saúde). No primeiro ano trabalhou em Treviso, na época Distrito de Siderópolis, depois foi transferida para Unidade Básica de Saúde do Centro, mais conhecida como Posto Verde, hoje ESF Vila Rica (Estratégia da Saúde da família), foi lá que ela construiu a maior parte de sua carreira e se tornou grande amiga da população, permanecendo por 20 anos, este período ficou conhecida por todos devido o seu trabalho de vacinadora. Formou-se em Educação Física na FUCRI (Fundação Educacional de Criciúma) hoje UNESC (Universidade do Extremo Sul Catarinense) em 1997.

No ano de 1998 a sala de vacinação passou os seus atendimentos para a Unidade de Saúde São Lucas, e claro, Italina migrou juntamente para o local, permanecendo ainda como a conhecida vacinadora.

Em 2000, visando aprimorar seus conhecimentos na área da saúde, Italina fez o curso de Técnico de Enfermagem no Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial).

No ano de 2001 foi cedida pelo Estado ao município de Siderópolis e assumiu o cargo de Assessora da Secretária da Saúde, em 2003 foi convidada a ocupar o cargo de Secretária da Saúde de Siderópolis e assim conduziu os trabalhos da Secretaria até 2004.

No inicio de 2005 foi novamente cedida, agora pelo município ao Estado. Passou assim a cumprir seu trabalho na 21ª Regional de Saúde, onde atuou no cargo de chefia no Setor de TFD (Tratamento Fora do Domicílio). Nesse período conclui o curso de pós Graduação em Regulação em Saúde na Área de Concentração: Controle, Avaliação e Auditoria.

Segundo a Sra Lia Bolsoni, presidente do Conselho de Saúde, “nunca pensava em si ou no partido e sim no ser humano e no seu município, com atendimento de primeira qualidade”.

Em 2010 por ironia do destino, Italina que sempre se dedicou à saúde da população, teve que enfrentar cara a cara uma doença responsável por grande parte de mortes no mundo: o câncer. Ainda muito nova e com muita vontade de viver, ela trabalhou mesmo durante a quimioterapia e nos seus dias mais difíceis resultantes do tratamento da doença. No entanto, mesmo enfrentando dores físicas e conflitos pessoais, Italina nunca deixou sua função e mostrou-se presente para seu público até seus últimos dias, quando então, infelizmente, perdemos essa grande mulher que se dedicou de corpo e alma à saúde dos Sideropolitanos. No dia 18 de abril de 2011, aos 51 anos, Italina veio a falecer, deixando na história da saúde de Siderópolis o seu nome, como uma grande batalhadora e amiga da população.

Seu lema de vida: “fazer o bem a todos e mal nunca a ninguém”. – São Luiz Orione

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *