Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Planta Guaco é discutida durante primeiro encontro da ‘Quinta do chá’ em Siderópolis


O Governo de Siderópolis, por meio da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e Secretaria de Saúde, em parceria com a Unesc e a comunidade em geral, realizaram o primeiro encontro da “Quinta do chá”. A primeira espécie de planta discutida foi a Mikania Glomerata Spreng e Mikania laevigata Sch.Bip. ex Baker, conhecidas popularmente pelo nome de Guaco.

O Guaco é uma planta nativa do Brasil e seu cultivo é relativamente simples. Conforme a farmacêutica especialista em fitoterapia e farmácia clínica, Angela Erna Rossato, apesar da planta possuir várias indicações terapêuticas populares, somente a ação broncodilatadora, antitussígena, expectorante e edematogênica sobre as vias respiratórias foram comprovadas e aprovadas, segundo critérios da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). “Segundo a ANVISA as folhas podem ser preparadas na forma de chá por infusão, tintura e xarope, com uso de no máximo duas semanas para condições crônicas e de uma semana para casos agudos”, explicou.

A farmacêutica ainda explica que deve-se tomar cuidado com a coleta das folhas, sempre em tempo seco. Elas não podem sofrer fermentação, pois nesse processo pode ocorrer a transformação da cumarina, marcador químico da planta, em dicumarol, que tem ação hemorrágica. “Seu uso é seguro, se for nas doses e nos tempos determinados, com a orientação de profissionais qualificados”, concluiu.

Contraindicações

As espécies são contraindicadas para hipertensos graves, pacientes com problemas de coagulação, pacientes com doenças hepáticas graves e pacientes que estejam em tratamento com fármacos anti-retrovirais. Não utilizar em gestantes, lactantes e crianças abaixo de dois anos de idade pela falta de estudos.

A equipe da Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. Élcio Rauen, esteve presente no encontro e conheceu mais sobre a planta que já é utilizada com essas finalidades. O engenheiro agrônomo e responsável pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente do município, Ronaldo Remor, participou do encontro, ressaltando os aspectos agronômicos e o cultivo da planta.

Próximo Encontro

O próximo encontro da “Quinta do chá” está marcado para o dia 31 de julho às 14 horas no Sindicato dos Mineiros, no bairro Rio Fiorita, em Siderópolis. A planta a ser estudada será a Camomila. O encontro é aberto para toda comunidade que tem interesse de compartilhar saberes e experiências sobre as plantas medicinais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *