Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Noite cultural e homenagem a Dirce Darela Piacentini

dirce
MAIS FOTOS

Realizada na quarta 21 de setembro de 2016, as 19h 30min, no centro social urbano em Siderópolis.

Com a presença de amigos e familiares Dona Dirce foi homenageada pela ALASI.

Concurso

CLASSIFICAÇÃO DO VII CONCURSO LITERÁRIO DE POESIAS, CONTOS E CRÔNICAS “PROFESSORA DIRCE DARELA PIACENTINI”

CATEGORIA ADULTO

POESIA
1° LUGAR: Kamila Ambrosio – 32 anos – Siderópolis – “Árvore”
2° LUGAR: Maria Olivo Comin – 55 anos – Alto Rio Maina – “As folhas do outono da minha infância”
3° LUGAR: Elder Comin Perraro – 26 anos – Alto Rio Maina – “Aos Amigos”

CRÔNICA
1° LUGAR: Elder Comin Perraro – 26 anos – Alto Rio Maina – “Recanto de Saudades”
2° LUGAR: Dalvani Baesso – 51 anos – Siderópolis – “A Jabuticabeira”

CONTO
1° LUGAR: Débora Salvaro – 26 anos – Bairro Patrimônio – “Aqueles Olhos”

CATEGORIA ENSINO MÉDIO

POESIA
1° LUGAR: Bruno Luiz Rossi – 1° ano – E.E.B. Udo Deeke ( Treviso) “Hipocrisia?”
2° LUGAR: Artur Mendes de Souza – 1° ano – Colégio Dom Orione – “Subjuntivo do Ódio”
3° LUGAR: Eduarda da Boit Ferreira – 2° ano – Colégio Dom Orione – “Corpo”

Menção Honrosa

Carolini Bettiol Ghizi – 1° ano – E.E.B. José do Patrocínio – “Recomeçar”
Victor Alexandre O. de Mattos – 2° ano – Colégio Dom Orione – “Vida em Versos”
Luciano Da Rolt – 1° ano – Colégio Dom Orione – “O Gigante Acordou”
André Nobre de Faria Filho – 2° ano – Colégio Dom Orione – “Batimentos”
Isadora Giongo Costa – 3° ano – Colégio Dom Orione – “Á Marte”

CRÔNICA
1° LUGAR: Carine de Souza Cesconetto – 3° ano – Colégio Dom Orione – “Alimente-se de coisas boas”
2° LUGAR: Yuri Trento da Silva – 1° ano – E.E.B. José do Patrocínio – “Um pedaço de terra para a terra”
3° LUGAR: Helen Cristina Araújo – 1° ano – E.E.B. José do Patrocínio – “Minha cidadezinha”

Menção Honrosa

Renata Feltrin de Mattia – 1° ano – Colégio Dom Orione – “Era uma vez”
Leticia Bez Fontana – 1° ano – E.E.B. José do Patrocínio – “O Silêncio”

CONTO
1° LUGAR: Bruna Rezende da Silva – 2° ano – Colégio Dom Orione – “Dez minutos de insanidade”
2° LUGAR: Isadora Giongo Costa – 3° ano – Colégio Dom Orione – “Despertei-me”
3° LUGAR: José Augusto Florentino Dela Vedova -1° ano – Colégio Dom Orione – “A importância dela”
CATEGORIA ENSINO FUNDAMENTAL

POESIA

1° LUGAR: Heloisa de Mattia – 9° ano – Colégio Dom Orione – “Tempos de Outrora”
2° LUGAR: Maynara Colombo Comin – 6° ano – E.E.B.M. Aurora Peterle – “Belezas de minha cidade”
3° LUGAR: Laura Piacentini Cesconetto – 7° ano – Colégio Dom Orione – “ O bosque da vida”

Menção Honrosa

Gislaine Périco de Souza – 6° ano – E.E.B.M. Miguel Lazzarin – “Minha terra querida”
Laiza Apolinário – 6° ano – E.E.B.M. Miguel Lazzarin – “ Para viver melhor”
Sabrina Comin Nart – 8° ano – E.E.M. Aurora Peterle – “Minha Cidade”
Kelen Coral Rocha – 8° ano – Colégio Dom Orione – “Ansiedade de viver”
Daniele Nunes Recalcati – 7° ano – Colégio Dom Orione – “Infância, quanta exuberância”
João Vitor Comin – 6° ano – Colégio Dom Orione – “O Sonho”
Victor Valentim Brignoli – 6° ano – Colégio Dom Orione – “Internet”

CRÔNICA

1° LUGAR: Isabela Nórdio Salvaro – 7° ano – E.E.B.M. Aurora Peterle – “O distanciamento do mundo real”
2° LUGAR: Eduardo Apolinário – 9° ano – E.E.B.Miguel Lazzarin – “Fim de tarde onde vivo”

CONTO

1° LUGAR: Heloisa de Mattia – 9° ano – Colégio Dom Orione – “Florescer”
2° LUGAR: Leonardo Rufino Rosso – 8° ano (Treviso) Colégio Dom Orione – “Casa 13”
3° LUGAR: Pedro Henrique Moretto Bernardino – 7° ano – Colégio Dom Orione – “A Paz”

Menção Honrosa

Gabrieli Cercená Bortoluzzi – 6° ano – E.E.B.M. Miguel Lazzarin – “A princesinha Lara”
Morgana Nart Brígido – 6° ano – E.E.B.M. Aurora Peterle – “O sequestro da princesa Carol”

Comissão Organizadora


Um pouco da história de Dirce Darela Piacentini

Dona Dirce nasceu na comunidade de Rio Deserto (Urussanga), no dia 19/08/1933. Filha de Constante Darela e Conceição Silva Darela.
Começou seus estudos no Rio Deserto, na escola Isolda, completando os estudos do normal regional em Urussanga, onde já estava apta a ingressar no ensino como professora regionalista.
Começou a lecionar no grupo escolar Udo Deeche (hoje Treviso) de 1952 a1953. Transferiu-se para o Bairro Rio Fiorita, na escola general Osvaldo Pinto da Veiga (hoje Tullo Cavallazzi), lecionando de 1955 a 1965.
Em 1966 lecionou na escola Jose do Patrocínio. No ano de 1963 à 1965, Dirce lecionava e estudava, quando se formou no normal. Em1967 prestou concurso para direção de escola, sendo lotada na escola Lucas Bez Batti de Santana (Urussanga).
Em setembro de 1968 foi removida para ser diretora do grupo escolar Silvio Ferraro, onde se aposentou em 22 de outubro de 1981.
Dirce fez faculdade de pedagogia na FUCRI (hoje UNESC), pois na época era obrigatório, senão perderia o cargo de diretora.
Trabalhou 10 anos com primeira série e lembra que no final do ano um examinador vinha para aplicar a prova final para aprovação ou não dos alunos. Rosane a filha de dona Dirce, que estudou nesta época lembra que a prova de leitura era aplicada pelo diretor que na época era o Sr.  Renato Melilo na escola Tullo Cavallazzi.
Dirce lembra que lecionava para sua filha Cleusa na primeira série, e em certa aula foi feito um ditado (alfabetizadora ditava as palavras e os alunos escreviam em seus cadernos), sua filha foi pega colando da cartilha que estava sob suas pernas, e não deu outra, alem de dar um sermão na filha, dona Dirce tirou a folha em que fazia o ditado.
Quando começou a lecionar no Silvio Ferraro existiam apenas 3 salas e hoje são 11 salas.
Dona Dirce e dona Dilma Cesa Warmling, incansavelmente conversaram com diretores da próspera para que os mesmos doassem uma área de terra ao lado da escola que pertencia a companhia, e deu resultado, pois a área com a doação a área atingiu 10.000 metros quadrados.

Casou-se com Celeste Piacentini(in memorian), que nasceu no Rio Pio em Treviso no dia *25/11/32 e + 04/04/1997. Filho de Artur Piacentini e Olizia Sonego Piacentini.

Começou a trabalhar em Treviso na padaria do Sr. Henrique Shimith e depois como balconista na venda do Sr. Inácio Fenilii, até 1954.

Em 1955 iniciou na CSN trabalhando no armazém da companhia, 1968 foi para o setor de transporte, onde se aposentou no ano de 1983.

Dona Dirce lembra que o marido gostava de pescar com os amigos: Lírio Savaris, Aladio Bonassa, Pacifico Neoti e o Sr. Martinelli, onde juntos compraram uma rural exclusivamente para suas pescarias.

Desta união tiveram sete filhos: Rosane, Edson, Cleusa, Jorge (in memorian), Ciomara, Rogério e Marcelo; quatorze netos: Daniel, Andre, Camila, Karen, Samuel, Tami, Jamile, Felipe, Samarina, Bruna, Larissa, Marina, Malu e Ana Luiza e três bisnetos: Ana Carolina, Lucas e Artur.

Dona Dirce diz: minha maior alegria é a união dos meus filhos, pois todos lutam para ajudar uns aos outros e isto se estende aos netos.

Lamenta que os professores deveriam ser melhor remunerados pela importância do seu trabalho.

Dona Dirce diz: A maior satisfação é ver um aluno soletrar as primeiras palavras, quando esta iniciado no aprendizado da leitura e reencontrar ex alunos sabendo que estão bem encaminhados na vida, gratificante saber que fiz parte de sua história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *