Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Mulheres do Paif participam de palestra sobre dependência e codependência às drogas

A capacitação foi ministrada pela psicóloga do Cras, Mariângela De Mattia Cardoso, na tarde desta quarta-feira (15) 

Na tarde desta quarta-feira (15), as mulheres que integram o serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif) de Siderópolis participaram de uma palestra sobre a dependência e a codependência às drogas. O tema foi explicado pela técnica e psicóloga do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município, Mariângela De Mattia Cardoso, na sede da entidade.

Na conversa com as participantes, a psicóloga destacou uma relação comum vivenciada por familiares e pessoas próximas aos usuários de drogas: a codependência. Segundo Mariângela, isso consiste em casos onde uma pessoa está ligada a outra e passa a responder por ela, tomando para si as responsabilidades dela. Com o tempo, essa relação acaba produzindo reflexos diretos nos envolvidos. “O codependente começa a ser vítima do usuário, já que, gradativamente, começa a perder o controle da própria vida. A pessoa deixa de viver a própria vida e passa a viver a vida do outro”, explicou.

Entretanto, há formas de evitar que essa codependência ocorra e de auxiliar a outra pessoa. “Tem que ajudar o dependente, mas não tem que deixar de viver a própria vida. Não se torne refém dele. A primeira coisa a se trabalhar é aceitar que o dependente químico tem um problema e precisa de ajuda”, acrescentou.

Um ponto importante do encontro foi o depoimento de uma das participantes. Ex-dependente química, ela se envolveu com as drogas no início da adolescência e conviveu com o problema por mais de uma década. Há sete anos ela abandonou o vício, depois de receber tratamento e acompanhamento no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD), em Criciúma. “Eu cheguei ao fundo do poço. Hoje me arrependo de ter usado. Eu perdi a minha mocidade e agora estou tentando aproveitar o que ainda tenho pela frente”, destacou durante o relato feito às demais mulheres presentes.

O encontro faz parte de uma série de atividades desenvolvidas pelo Cras, com famílias do município. O trabalho social tem caráter contínuo, abordando diversas áreas a fim de fortalecer a função protetiva da família. No encontro da última semana, as participantes aprenderam sobre os cuidados necessários para fazer e manter uma horta em casa. Na próxima quarta-feira (22) o encontro terá como tema o meio ambiente, com foco no paisagismo e jardinagem. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *