Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Missa dos Santos Óleos será celebrada em Treviso

Nesta quarta-feira santa, 17, a Diocese de Criciúma celebrará, na Igreja Matriz Santo Alexandre, em Treviso, a Missa dos Santos Óleos. Na celebração, que terá início às 19h30min, e será presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Jacinto Inacio Flach, serão abençoados os óleos dos Catecúmenos e dos Enfermos e será consagrado o óleo do Crisma. Todas as 34 paróquias e três santuários diocesanos estarão representados, através de seus padres, religiosas e leigos.

Neste ano, a Paróquia Santo Alexandre foi a escolhida para acolher esta que também é chamada de Missa da Unidade Diocesana, por ocasião de seu ano jubilar: em 20 de maio, a Paróquia, que tem por pároco o padre Egídio Schmoeller, completa 50 anos de criação. Os óleos que serão abençoados serão levados por todas as paróquias da Diocese, para serem ministrados nas celebrações durante o ano todo, em todas as comunidades. Na missa, todos os padres também farão a renovação de suas promessas sacerdotais.

Significados dos Santos Óleos

O Óleo dos Catecúmenos concede a força do Espírito Santo aqueles que serão batizados para que possam ser lutadores de Deus, ao lado de Cristo, contra o Espírito do mal. O batizando é ungido com o óleo dos catecúmenos, no peito.
O Óleo dos Enfermos é um sinal sensível utilizado pelo sacramento da Unção dos Enfermos, que traz o conforto e a força do Espírito Santo para o doente no momento de seu sofrimento. O doente é ungido na fronte e na palma das mãos.
O Santo Crisma é o óleo que será consagrado e recebe a essência perfumada, simbolizando o “bom perfume” que o cristão deve exalar, e o sopro dos lábios do Bispo, representando a presença do Espírito Santo. É utilizado nas unções consecratórias dos seguintes sacramentos: depois da imersão nas águas do batismo, o batizado é ungido na fronte; na Confirmação, é o símbolo principal da consagração, também na fronte; depois da Ordenação Episcopal, sobre a cabeça do novo bispo; depois da ordenação sacerdotal, na palma das mãos do neo-sacerdote. Também é usado em outros ritos consecratórios, como na dedicação de uma Igreja, na consagração de um altar, quando o Santo Crisma é espalhado sobre o altar e sobre as cruzes de consagração que são colocadas nas paredes laterais das igrejas dedicadas (consagradas). Em todos estes casos, o Santo Crisma recorda a vinda do Espírito Santo que penetra as pessoas como o óleo impregna a cada um deles que o toca. Ele faz com que pessoas sejam ungidas com a unção real, sacerdotal e profética de Jesus Cristo.
Breve histórico da Paróquia

A Paróquia Santo Alexandre foi desmembrada da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, de Siderópolis, e criada em 20 de maio de 1969, por Dom Anselmo Pietrulla, então Bispo da Diocese de Tubarão. A ela pertencem 14 comunidades: Nossa Senhora Aparecida (Rio Manim), Nossa Senhora de Caravaggio (Rio Ferreira), Nossa Senhora de Fátima (Volta Redonda), Nossa Senhora da Salete (Brasília), Nossa Senhora dos Campos (Forquilha), Santa Bárbara (Santa Bárbara), Santa Cruz (Santa Cruz), Santa Terezinha (Rio Dória), Santo Alexandre (Matriz), Santo Antônio (Santo Antônio), Santo Isidoro (Guanabara), São José (Rio Morozini), São Sebastião (Vila Nesi) e São Vitor (São Vitor).

A Paróquia teve por párocos os padres Sebastião Rodrigues, Erval Fontanela, Isidoro Ghislandi, Vanderlei Tezza, Carlos Wecki, Luiz Carlos Moreira, José Benjamin Cipriano, Silvestre Koepp e Arcângelo Bússolo. Desde 28 de dezembro de 2014, tem como pároco o padre Egídio Schmoeller. Ao longo destes 50 anos de história, a Paróquia já ordenou cinco padres para a Igreja: padres José Da Boit, Souvenir Miotelli, Luiz Antonio Miotelli, Antoninho Rossi e Daniel Pagani. Neste Ano Jubilar, a Paróquia ainda terá a graça de ordenar mais um sacerdote, o Diácono Jadilson Tasca, no dia 20 de julho, na igreja matriz.

Fotos (santos óleos 2018): No ano passado, a Missa dos Santos Óleos foi celebrada na Paróquia Santuário Nossa Senhora Mãe dos Homens, em Araranguá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *