Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Marginais disfarçados de benzedeira e agente da prefeitura, tentam praticar furtos no distrito de Caravaggio

via Portal Veneza

Atenção povo de Siderópolis para casos parecidos. 

O distrito de Caravaggio, em Nova Veneza, registrou nos últimos dias dois fatos que devem deixar os cidadãos do município em alerta. Pessoas se utilizando da boa fé das mesmas, ou se passando por profissionais, praticaram as ações.

No último fim de semana, um casal de idosos foi alvo de um caso deste tipo. “Uma mulher pediu para benzer a casa dos meus avós, e eles, sendo pessoas religiosas, a deixaram entrar. No meio da ação, meu avô percebeu que ela tentava furtar alguns objetos e dinheiro, e com isso, tentou pegar as coisas de volta e chamou ajuda da minha avó. Depois de ser descoberta, a mulher ainda insistia em ficar dentro da residência. Ela acabou saindo sem nada, mas acredito que foi com muita sorte que isso aconteceu”, desabafa a neta, Helena Baldessar.

Em outro caso, registrado através do Facebook, criminosos com coletes da Vigilância Epidemiológica tentaram entrar nas residências, também no Caravaggio. “Um jovem veio em minha casa, querendo que eu abrisse o portão porque iria marcar para fazer uma vistoria em focos da dengue. Ele disse que estava fazendo um trabalho para a prefeitura. Queria meu nome e mais alguns dados, mas estava sem crachá de identificação e engasgou em perguntas que eu fiz. Achei muito estranho e não passei os dados”, contou Albertina Spillere Busarello através da rede social.

Nova Veneza possui um único profissional responsável pelo trabalho contra a dengue, chamado Roberto Cesar Nuernberg. “Ando sempre identificado com crachá, colete, camiseta e bolsa da prefeitura. E posso garantir que não estava fazendo este tipo de vistorias no Caravaggio, nesta semana”, adverte.

FRANCINE FERREIRA / FOTO ARQUIVO: WILLIANS BIEHL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *