Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Lançamento de livro e posse de acadêmicos ALASI

Evento realizado na quarta, 14 de junho de 2017, na câmara de vereadores de Siderópolis.

Lançamento livro “Matizes da Alma” do escritor José Valmor Rodrigues e posse das acadêmicas Cris e Elisia

BIOGRAFIA DA ACADÊMICA MARIA CRISTINA CONTI

Nasceu em Rio Jordão Baixo ( Siderópolis) em 18 de outubro de 1958, mas foi registrada em 02 de dezembro de 1958.

Filha de Davide Conti(in memorian) e Eliza Ghizoni Conti.

 Quinta filha de uma prole de 7 filhos.

Ensino Fundamental I na Escola Dep. Sílvio Ferraro.

Ensino Fundamental II no José do Patrocínio.

Ensino Médio no Colégio Dom Orione.

 Graduação em Letras na UFSC ( licenciatura curta) e Licenciatura Plena na UNESC. Especialização na UDESC

Trabalhou por 29 anos, como Professora de Língua Portuguesa, no CEDUP (Centro de Educação Profissional), onde foi diretora por 4 anos.

Lecionou na UNISUL (Içara), no curso de Direito.

Atualmente está aposentada.

Sua militância comunitária como voluntária, é na Casa Guido, que acolhe crianças com câncer.

Também é voluntária no Hospital São José, na Onco Pediatria. Foi contadora de Histórias com um grupo em Joinville, onde aprendeu o ofício.

É Contadora de histórias nas entidades e escolas.

 Seu novo desafio como acadêmica: “Incentivar a Contação de História e fazer esta atividade nas escolas, em nome da ALASI”.

BIOGRAFIA DA ACADÊMICA MARIA ELISIA SOARES BERNARDO

Nasceu em Rio Fiorita (Siderópolis), em 16 de março de 1960.
Filha de José Manoel Soares e Geni Rocha Soares, segunda filha de uma família de 6 irmãos.
 Mãe de dois filhos, Carlos Diogo e Maria Laura.
 
Iniciou seus estudos no Jardim  de   Infância
N. Sra. Aparecida.
Fez o Ensino Fundamental na Escola   Básica
Dr. Tullo Cavallazzi.
Formou-se em Técnico de Contabilidade  no
Colégio Santa Bárbara.
 Frequentou o Curso de Artes Visuais na UNESC.
 
Iniciou sua vida profissional em 1978 no comércio de Criciúma. Posteriormente trabalhou no escritório da Siderúrgica Criciumense de onde saiu para trabalhar na antiga Força e Luz de Criciúma, aprovada no Concurso Público em 1980, hoje, CELESC, órgão em que serviu como funcionária durante 23 anos. Exerceu a função de telefonista, Secretária, Chefe de Recursos Humanos da Fundação Celesc de Seguridade Social. Aposentou-se em 2008.
Continua atuando na Associação dos Aposentados da
CELESC.
 
Sua militância Comunitária iniciou-se no Movimento de
Irmãos, em setembro de 1990.
Faz parte do Clube de Mães N. Sra. Aparecida em Siderópolis.
Participa do Grupos de Cantores na Igreja Católica.
É membro do Coral da UNESC.
Cantora no Grupo “Os Badjecos do Samba”, de Criciúma.
 
Seu novo desafio como acadêmica: “Incentivar a criação de um coral junto à ALASI e a comunidade”.
 

BIOGRAFIA DE JOSÉ VALMOR RODRIGUES
 

Nasceu no distrito de Ribeirão Pequeno (Laguna) em 16/08/1930, tem 77 anos.

Ainda criança foi morar com sua família em Capivari de Baixo (lá residiu por 28 anos), é o filho primogênito de treze (13) irmãos.

Seus pais: Irene Alves e Antônio Felix Rodrigues.

Formação Escolar: Curso de Magistério.

Em  1964  casou-se  com Ilda

Barbosa.

Desta  união  nasceram cinco (5) filhos: Joseval, Rosilda,Ruberval, Regilda e Sandoval.

Tem  nove (9) netos e três (3) bisnetos.

Ficou viúvo em 2002, após 38 anos de casamento.

Com os filhos

Vida profissional

Na juventude, foi jogador de futebol profissional, atuou como goleiro do Time “Nacional” de Capivari de Baixo.

Foi radialista, locutor esportivo nas Rádios Tabajara e Tubá de Tubarão, na década de 60.

Trabalhou como eletricitário na Soltelca em Capivari de Baixo até ser transferido para ser o gerente da Eletrosul em Siderópolis em 1970, onde trabalhou por 21 anos Aposentou-se em 1991.

FOTO: NA ELETROSUL, FAZENDO VISTORIA NAS LINHAS DE TRANSMISSÃO, EM SETEMBRO DE 86, COM SEU COMPANHEIRO DE TRABALHO: JOSÉ CARLOS DE MEDEIROS.

Voluntariado

Participou com sua esposa Ilda, por muito tempo da Diretoria do Grupo de Escoteiros de Siderópolis, onde atuava como diretor esportivo.

Vida esportiva

Jogou como goleiro e foi técnico

do time de Futsal

da Eletrosul de Siderópolis, nos jogos municipais e

regionais.

Jogou bocha pela ARUS (Associação Recreativa Unidos de Siderópolis) onde foi sócio e participou de várias competições em Jogos Abertos de SC.

Sempre foi convidado para escrever e fazer os

regulamentos de diversos campeonatos esportivos.

A escrita

Escreveu duas músicas, que foram gravadas em LP na década de 60, como não registrou, perdeu os direitos autorais. Toca o instrumento: Gaita de boca.

Sempre cantou no Terno de Reis com sua família, visitando outras famílias e amigos pela noite, como seresteiros, anunciando o nascimento de Jesus em 6 de janeiro e fazendo serenatas.

Escreveu uma coluna semanal no Jornal “O Independente” de Criciúma, com artigo “Meu bom dia para você”, por vários anos. Escreve crônicas sobre festas, eventos e passeios em família e com amigos.

Participou de vários concursos literários, regionais e nacionais, recebendo diversos prêmios como classificado.

A poesia e livros

Lançou seu primeiro livro de poesias, quadrinhas e pensamentos : “Matizes da Alma”, em agosto de 1998, num evento cultural entre Fundação Municipal de Cultura de Siderópolis e Grupo RBS/TV de SC.

Historiador

Lançou um livro em 2003 sobre Capivari de Baixo, “Veredas do Passado” com as histórias da cidade (suas memórias e com as fotos da jornalista Maitê Lemos.

O livro foi patrocinado pela prefeitura, por ser o primeiro livro, que relatou histórias daquela cidade emancipada de Tubarão.

Livro: ͞Matizes da Alma II

Em 2016, teve a reedição de seu livro de Poesias:

“Matizes da Alma II”. Seus filhos e neta mais velha, Luana, mandaram reeditar o livro, como surpresa pelos seu aniversário de 77 anos.

Reside atualmente em Joinville com sua filha Nina.

Em 10/12/2016, a segunda edição do livro “Matizes da Alma”, foi lançado na cidade de Joinville, no Pastéis Colono, restaurante de amigos sideropolitanos.

José Valmor, teve um pequeno AVC no cerebelo, sem grandes sequelas e se recuperou bem.

No início deste ano teve um enfarto de grande proporção, onde teve que colocar um stend no coração, mas se recuperou bem.

Atualmente faz hemodiálise, por um problema nos rins e está se recuperando muito bem.

Homem forte, inteligente, escritor e orgulho da nossa cidade.

 A ALASI HOJE HOMENAGEIA NOSSO SÓCIO EMÉRITO

QUE TANTO ENGRADECE A ACADEMIA.

Nossos Parabéns e agradecimentos por sua dedicação

e contribuição literária.

Fotos do evento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *