Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Horticultura é tema de palestra ministrada às participantes do Paif

A capacitação foi realizada pelo engenheiro agrônomo da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente.

Unindo teoria e prática, uma capacitação sobre os cuidados necessários para ter uma horta em casa foi oferecida às participantes do serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif) de Siderópolis. Desenvolvido através do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município, o Paif é um trabalho social contínuo, que aborda assuntos de diversas áreas, voltado a fortalecer a função protetiva da família.

A capacitação foi ministrada pelo engenheiro agrônomo da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Ronaldo Remor, na sede do Cras. Com exemplos fáceis, o engenheiro mostrou qual a melhor forma de plantar e de cultivar hortaliças em casa, orientando as participantes a fazerem suas próprias hortas. A troca de experiências e a distribuição de material informativo também marcaram o encontro.

Entre as dicas repassadas pelo engenheiro estão os cuidados necessários antes de realizar o plantio ou a semeadura. “Como a maior parte dos terrenos onde vocês moram é piritoso, a preparação do solo é fundamental. O calcário é o mais importante para neutralizar o pH e deixar o solo bom para plantar. Para uma hortaliça, por exemplo, 30 ou 40 centímetros de terra preparada já são suficientes para que ela nasça”, explicou.

Além da teoria, as mulheres também aprenderam na prática os ensinamentos. Uma horta foi feita no Cras, para que as participantes pudessem plantar e cultivar hortaliças. Supervisionadas por Remor, elas aprenderam como é feito o preparo do solo, as técnicas de plantio e as distâncias que precisam ser respeitadas entre as mudas.

No próximo encontro, que deve ser realizado nesta quarta-feira (15), as participantes assistirão a uma palestra sobre paisagismo e jardinagem. A proposta, segundo a psicóloga do Cras, Mariângela De Mattia Cardoso, é que, ao fim das capacitações, uma horta seja feita na casa de uma das participantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *