Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Cidades começam campanhas para não reeleger atuais vereadores

14370380_1088912857858712_4079455484999574189_n

Descontentes com a atuação dos atuais vereadores, várias cidades brasileiras deflagram campanhas para não reeleger ninguém.

Placas se espalham nas redes sociais, com os dizeres: Bem vindo à (nome da cidade), cidade de gente muito inteligente, que, em 2016, não irá reeleger nenhum vereador.

Em Siderópolis temos um agravante para não reeleição de três vereadores.
É sabido por muitos que em 23 de outubro de 2015 foi entregue aos nove vereadores, gestão 2013/2016 um projeto de Lei que:
Através de abaixo assinado estava sendo proposto a redução do salário dos vereadores para 1,5 do salario do professor da rede publica, sendo que os vereadores: William Bonassa (PSD), Joênio Marques (PMDB), Andrei Donadel (PDT), Valdemir Paulo Carminatti (PP) e Moacir Pavan (PSDB),Tiago Albonico (PSB), Romildo Soares (PSB), Valmor Zanelato (PMDB) e Maicon Henrique Aléssio (PMDB),  foram contra a proposta.

Mas os nove vereadores  que recebem mensalmente R$ 4.800,00 fizeram a proposta de fixar o salario dos vereadores em R$ 4.300,00, e quando o projeto de Lei feito pelos nove vereadores foi a votação, e os vereadores : William Bonassa (PSD), Joênio Marques (PMDB), Andrei Donadel (PDT), Valdemir Paulo Carminatti (PP) e Moacir Pavan (PSDB), votaram contra a proposta que eles mesmo aprovaram, achando que R$ 4.300.00 é pouco.

Lembramos que um vereador vai a quatro sessões mensalmente, quando a duração de uma sessão varia de 10 minutos a 1 hora. sendo assim um professor que trabalha 80 horas mensais ganha em torno de R$ 1,800,00.

Quem os coloca lá somos nós eleitores, por isso vamos oxigenar nossa câmara de vereadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *