Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Ato Cívico lembra os mortos em explosão de mina em Santana

ato-civico-lembra-os-mortos-em-explosao-de-mina-em-santana

A tragédia que resultou na morte de 31 pessoas em uma mina de carvão de 80 metros de profundidade na comunidade de Santana, em Urussanga, completa 32 anos neste sábado, dia 10. Alunos da Escola Lucas Bez Batti vão fazer uma homenagem aos trabalhadores que morreram neste acidente, que ainda é considerado o pior acidente da mineração brasileira. A tragédia deixou 24 viúvas e 57 órfãos.

Faixas, cartazes e a colocação de flores no trevo do centro de Santana fazem parte da homenagem que será realizada pelos 140 alunos, professores e direção. A ação terá a apresentação da fanfarra escolar. Além da Escola Lucas Bez Batti, o CEI Sérgio Teixeira também participa do ato, com aproximadamente 60 crianças.

O Ato Cívico deste sábado em Santana, tem início programado para as 9 horas.

 Os 31 mineiros mortos na explosão de 10 de setembro de 1984

 

Antonio Acedir da Silva – Urussanga
Antônio Elizário Mendes – Lauro Muller
Aloísio Schmidt – Santana
Arestides José Goulart – Santana
Cesário Borba Camilo – Santana
Dionísio Modelon da Silva – Santana
Ederli Melo – Santana
Euclides Ronsani – Santana
Francisco Jeremias – Santana
Gilmar Belmiro Ribeiro – Barro Branco
Hedi Cesário Scarabelot – Rio Carvão
Itamar Belmiro Ribeiro – Lauro Muller
Jair Mendes – Itanema
Jaime Alfredo Coelho – Lauro Muller
Jorge José Pereira – Lauro Muller
Luiz Carlos Galdino – Rio América
Luiz Carlos Leopoldino – Itanema
Luiz da Cruz – Lauro Muller
Luís César Cardoso – Barro Branco
Paulo Rogério Alves – Rio América
Pedro Engel José – Estação Cocal
Pedro Paulo Leopoldo – Rio América
Reginaldo Araújo – Santana
Ronaldo Francisco dos Santos – Santana
Santos Tezza – Lauro Muller
Vanderlei Mendes – Santana
Valdir Machado – Santana
Valdemiro Fioravante Bonot – Itanema
Vilmar Fernandes Madeira – Lauro Muller
Volnei Dalazen – Itanema
Wilson Cláudio Miranda – Urussanga.

Fonte Engeplus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *